sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Fim de semana...me aguarde!!!...

Será que estou mesmo a ficar velha?...Eheheh...eu ainda tenho dúvidas, né? Vai na volta eu julgava que estava era a ficar mais nova...
Ontem custou-me a sair da cama, hoje idem...nos outros dias anteriores não...Porque será? Vontadinha grande esta da desforra de amanhã. Quando acordar...acordei. Quer dizer, não é bem assim, as minhas meninas acordam-me sempre para eu as levar a passear, 07:00 aí estão elas. Depois, choco outra vez que até estala.
Bom final de semana para todos

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Oh!!! Merda!!!

video

Quem disse que apenas o Homem é romântico...???...

video

XXXXX RATED

video

As coisas que nos afectam de alguma forma...

Sinto-me MUITO INCOMODADA...por entender que não tinha, nem tenho nada que me sentir incomodada. Estou pior que o outro "Estou preocupado, porque não tenho nada que me preocupe."
Soube que determinada pessoa foi operada à garganta. Está internada no hospital e não fala.
Não posso deixar de pensar "Cá se fazem...cá se pagam..." Mas não deixo de me sentir incomodada...o facto é que, antes de eu ter sido "corajosa", a pessoa há cerca de dois meses andava muito rouca...fui "corajosa" e rouca ficou...agora acontece isto...é claro que vou continuar a ser "corajosa"...custou-me tanto a ser...o processo é irreversível...aliás, não deixo também de pensar que, de facto, "ao menino e ao borracho, mete Deus a mão por baixo", se não tivesse sido "corajosa" quando fui, acho que agora, a "coragem" ía toda por água abaixo. Havia tanta gente "corajosa" a pressionar-me...se fosse com elas, faziam e aconteciam...era o que mais faltava!!!...Eu também dizia o mesmo...quando não tinha nem vivia o problema...Nos finalmentes, lá me enchi de corajem...e o racional conseguiu vencer o irracional. Vês JB...o que é "coragem"...???...É assim meu amigo...às vezes penso que, antes queria mesmo ser desprovida de sentimentos...porque esta coisa de raciocinar, felizmente raciocino...e felizmente estou com as costas mais que quentes, porque tudo está a ter um percurso racional, mas ía eu dizendo...esta luta entre o racional e o emocional...é mais que titânica...às vezes chega a ser dolorosa...eu é que não deixo que seja...já não tenho capacidade para me dolorir com certas coisas...haverá muitas outras para que isso me aconteça ainda...já que a vida não é mesmo um mar de rosas...
Acho...acho...não tenho a certeza...que ainda não fui contactada porque estou incontactável...teve de ser...desde a pessoa rouca, à empregada...não faltava a contactarem-me para saberem se eu podia dar dinheiro...Ora eu, nem tenho empregada...não preciso...as minhas cadelas, o meu gato e minha hamster são tão colaborantes...rsss...para quê empregada...já para não falar no facto de uma das cadelas ser propriedade do filho da pessoa rouca que, coitadinho, ía sentir muita falta dela mas era melhor vir comigo...porque eles não têm vida para ter animais...então, porque tiveram...???...Mas apareceu alguém, "corajoso" e provido de muitos sentimentos...Sorte dum raio...para quem não a "podia" ter e para ela que é feliz. Para além do mais...tudo começou porque ninguém precisava de mim para nada...antes de mim até existiam doze gajas...e o filho escolheu-me a mim...já que não precisavam de mim para nada...naquele fim de semana eu não lavei roupa, não me apeteceu...e o resultado foi o que foi...quando dei por mim estava no hospital...portanto, eu não posso deixar de me sentir incomodada por estar incomodada...
Posto isto, resta-me repetir...ESTOU INCOMODADA...por achar que não devia de estar incomodada...não desejo mal a seja quem fôr...mas há pessoas que não merecem que seja quem fôr se sinta incomodado por causa elas...porque elas não se incomodam minimamente com seja quem fôr...não fazem bem...só fazem mal...não fazem falta...Deus me perdoe, mas havia de haver aviões especiais para transportarem apenas e só quem não faz cá falta...depois incendiavam-se, partiam-se ao meio e caiam...até porque, de facto, as catástrofes têm de acontecer...senão não cabíamos cá todos...mas podiam acontecer...e já não seria catástrofe...só com quem é mau...não com quem é bom ou inocente.

terça-feira, 26 de agosto de 2008

Para quem leu os livros da Anita, como eu...NOVA COLECÇÃO DA ANITA












A fuga...

Um grupo de anões decide jogar futebol.
Arranjam um terrenozito, suficiente para dar uns pontapés na bola e vão pra lá contentes e eufóricos...
Como não tinham vestiário, decidem vestir o equipamento na casa de banho do café lá do sítio.
Entram e dirigem-se todos para o fundo do café, onde ficava a casa de banho.
Chega um bêbado e pede uma garrafa de bagaço.
Após alguns minutos, passam pelo bêbado os jogadores anões, vestidos de azul.
O bêbado não entende nada, fica à toa, mas continua a beber.
Em seguida, passam os anões de equipamento vermelho.
O bêbado vira-se para o dono do café e diz:
- Então pá…!!!???...Toma atenção...!!!!...Não estás a ver que os matrecos estão a fugir...???!!!...

A vaselina e o amor...

Dentro de uma farmácia, um estudante de Propaganda e Marketing faz perguntas aos clientes para uma pesquisa de mercado sobre a utilização da vaselina no lar:

Por favor, minha senhora. Eu estou a fazer uma pesquisa para determinar as utilizações da vaselina no lar. A senhora poderia dizer-me como usa a vaselina?

Sem se fazer rogada, a mulher responde: Em casa, usamos a vaselina para nódoas negras, pele seca, queimaduras e quando fazemos amor.

O pesquisador então pergunta:

Para fazer amor…???... Poderia dar-me mais detalhes?

Mais uma vez, sem se abalar, a mulher responde: Eu coloco na maçaneta da porta do quarto...

Na maçaneta da porta?

...é, as mãos escorregam e isso impede que as crianças entrem!

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

UMA QUESTÃO DE PRIORIDADE

Uma senhora idosa estava no convés de um navio de cruzeiro a segurar o seu chapéu firmemente com as duas mãos para não ser levado pelo vento.

Aproxima-se um cavalheiro e diz:
- Perdoe-me, minha senhora...não pretendo incomodar, mas a senhora já notou que o vento está levantando bem alto o seu vestido?
- Já sim, mas é que eu preciso de ambas as mãos para segurar o chapéu.
- Mas, minha senhora....a senhora deve saber que as suas partes íntimas estão sendo expostas! disse o cavalheiro.
A senhora olhou para baixo, depois para cima, e respondeu:
- Cavalheiro, qualquer coisa que o Sr. esteja a vêr aqui em baixo, tem oitenta e cinco anos e, o chapéu, comprei-o ontem...!!!...

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Final de semana

E pronto. Mais um. E como eu agora parece que vivo disto, de fins de semana, de momentos só meus e para mim...estou desejando o final de dia de trabalho para me recolher..."recolher"...???...ainda dou em freira...não está nos meus planos. Mas também havia tanta coisa que não estava e aconteceu, que eu já não digo, "desta água não beberei"...mas não...Deus Nosso Senhor que me perdoe...mas ele não me iria satisfazer e saciar a minha sede e a minha fome...isso eu tenho a certeza...rssss...já no que respeita o padre...tendo em linha de conta que é matéria também e não apenas espírito...às tantas até podia acontecer eu levantar-me da cama do lado errado e andar pelos corredores do convento com as pantufas dele...eheheh...ganda filme...
Bom final de semana a todos
Bjs

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

URRAR

A propósito de "urrar" ser humano...

Cliquem lá em URRAR (o do "títalo" da "mensage"). Desde já esclareço que eu, a urrar, não será obviamente por ser macho.

Bjs

Estava-me cá a fazer uma confusão...

Pronto...já consegui emendar "perseba"...já está "perceba".

terça-feira, 19 de agosto de 2008

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Mais uma semana

Um bom começo de semana para todos.

Para os que estão a trabalhar, como eu e, claro está, para quem está a gozar o descanso merecido.

Bjs

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Violência Doméstica

Lembrei de vir aqui, explicar de forma a que qualquer pessoa perceba, seja para si, seja para os outros, como funciona esta coisa de o crime de violência doméstica ser público.

Esta exposição não se destina obviamente a quem é do foro.

Então é assim, desde 2000 que o crime de violência doméstica é público.

Há três tipos de crime...particular, semi-público e público.

O processo crime tem três fases, a fase do inquérito, a fase da instrução e a fase do julgamento.

Quem "manda"..."comanda"...a fase do Inquérito é o Ministério Público, daqui pra diante MP.

Quem "comanda" a fase de instrução é o Juíz de instrução.

E quem comanda a fase do Julgamento...é o Juíz de Julgamento.

O que significa Inquérito?...Como a palavra denota...significa Investigação.

Na Instrução...o acusado, o arguído...defende-se.

No Julgamento...é julgado.

Muito bem...Se o crime não fôr público, o MP n pode por si só dar início à investigação. É preciso haver uma queixa ou uma denúncia.

Queixa - pelo próprio, o lesado, o ofendido, o queixoso, o que se queixa de algo.

Denúncia - Alguém que teve conhecimento dos factos e denunciou.

Imaginemos um homicídio. É crime público. É óbvio, é evidente. Alguém morreu assassinado, n sabemos por quem, mas há que descobrir, o MP tem toda a liberdade para sózinho proceder às investigações. Investigações essas que, em regra são delegadas noutras entidades como, PSP, GNR, PJ.

Então vejamos, violência doméstica...É PÚBLICO...por o ser as pessoas na generalidade pensam...então se é público...o gajo(a) está lixado(a).

Não é tanto assim.

Violência doméstica contra mulheres. Se, um vizinho denunciar, o MP é obrigado a investigar. Mas se, a vítima...a mulher...chegar lá e disser....AH! Não...Nem pensar...o meu marido nunca me tocou com um dedo...ele é o melhor marido do mundo...temos desavenças...enfim...e quem as não tem...mas nada disso...isso NÃO É VERDADE...

Meus amigos, por muito público que seja...morre logo ali e o MP fica de mãos e pés atados. Não pode fazer mais nada.

E é isto que as pessoas não entendem. Uma denúncia até pode ajudar quando a vítima não tem coragem para a fazer...mas tem de a ter daí para a frente.

Por isso as estatísticas não correspondem à realidade.

Por isso o funcionário do tribunal que tem o processo pergunta logo: - "Isto é para avançar?"

Por isso o MP pergunta o mesmo.

Mas é público... Mas perguntam...

E só tem de ser para avançar...sopa no resto...pra frente é que é caminho.

Mas...há que entender e que fazer entender.

Não vou voltar a dizer o porquê de toda esta explicação. Há aí dois posts meus que explicam muito bem.

E no que eu puder ajudar...CONTEM COMIGO...eu tenho advogada constituída, mas para os outros...n serei advogada porque n posso, tenho o meu tempo ocupado pois sou trabalhadora por conta de outrém, embora a minha função seja de jurista... mas posso ajudar com a informação necessária.

Espero ter ajudado nalguma coisa.

Bjs para uns...abraços para outros...cumprimentos para os que não conheço mas como gente educada que sou, só tenho que os apresentar.

Vou à da tia...

Não estranhem a palavra tia nos meus postes....tia....tia...tia...tia...tia...tia...

Só porque não me ensinaram a dizer mãe...mãe...mãe...

Mãe é a tia ...85 anos FIRME e HIRTA....

Não tenho nada contra a minha mãe ...bem pelo contrário...a foto dela já está postada...era linda e fez com que eu existisse.

Já para não falar no facto de, graças a ela eu ter um nome lindo...o dela...

Acontece que, naquela altura ainda havia mães que, faleciam de parto. Foi o que aconteceu com a minha.

Eu fiquei..ela foi-se...

Sinto muito AMOR por ela e RESPEITO-A e ADMIRO-A...e...TENHO SAUDADES...

E cá estou...uma menina...que apesar de tudo foi criada com os melhores e os maiores amores e carinhos...e mimos... do mundo...por um tio e uma tia fantásticos...

O tio, faleceu quando eu tinha doze anitos....mas é a minha melhor e maior referência.

O Daddy, faleceu quando eu tinha 26 anitos...

E aí está a tia (a menina dos meus olhos) FIRME E HIRTA...a levar com tudo...Já não se fazem mulheres como antigamente...n fazem mesmo...

Eu já não sou como ela...quanto mais as que vierem a seguir...

Eu sempre achei que aquele ditado..."ao menino e ao borracho, mete Deus a mão por baixo...", se aplicava a mim...

Tem metido e de que maneira...NÃO TEM FEITO OUTRA COISA...

Se bem que, tb tenho remado muito contra a maré...até lhe posso chamar tia(à maré)...tb com 85 anos...n é fácil viver certas coisas...mas o certo é que não arreda pé do meu lado. ESTÁ SEMPRE PRESENTE.

UM GANDA BEM HAJAS TIA

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Fins de semana

Os fins de semana deviam de ser todos como o próximo.

Dois dias para organizarmos a nossa vida doméstica e social.

Um dia inteirinho para nós...todo nosso...para fazermos ou não fazermos o que nos der na real gana.

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Marcas que ficam...Pessoas e atitudes que nunca vou esquecer...

Ontem li, num daqueles jornais que dão quando vamos para os transportes públicos, logo pela manhã, que só até Maio deste ano, morreram 17 mulheres vítimas de violência doméstica.

Eu tenho dificuldade em lêr e vêr coisas destas...dá-me uma vontade de chorar enorme e difícil de controlar...

Eu também podia ter morrido...e hei-de...mas quando Deus quizer...

Fica uma coisa que eu aprendi...nunca hei-de ignorar alguém que esteja nestas circunstâncias, só se não quizerem ouvir a minha voz amiga e ter a minha presença por perto.

A tendência dos que nos rodeiam é afastarem-se e não percebem que isso dá mais força ao agressor, porque já nem os nossos amigos nos ligam, nem a nossa família. Os nossos amigos, são eles...a nossa família são eles. E é o que eles pretendem que se pense e se sinta...para nos poderem isolar cada vez mais...cada vez mais...

Felizmente...eu não me enquadrei totalmente no rol de quem se isola ou não se deixa ajudar.Totalmente...mas parcialmente sim...

Eu sabia que ía sair desta...não sabia como e quando...ou por outra...eu tinha de criar condições para o poder fazer...

Houve quatro pessoas que foram incansáveis e que me apoiaram incondicionalmente a todos os níveis e mais alguns...a eles...UM GRANDE BEM HAJA!!!...Pela CORAGEM que tiveram em se manterem do meu lado...durante...e depois...e agora...OBRIGADA por me terem ajudado a criar e a manter as condições...OBRIGADA a uma quinta e última pessoa que considero extraordinária pois mesmo sabendo o momento difícil que eu atravessava, aliás por isso mesmo, teve a GRANDE CORAGEM de me facultar instrumentos necessários para pescar o peixe... o peixe que eu tanto queria e precisava mas que nunca quiz que me dessem...

Obrigada Tia, obrigada mano, obrigada Val, obrigada Elisa, obrigada Sr. DA